Primeira página | Sobre | Ajuda | Contato | RSS | Twitter
Primeira página |  Notícias ambientais |  Florestas tropicais |  Peixe tropical |  Imagens |  Para as crianças  |  Madagascar |  Ajuda  |  Sobre  |  Inglês
Oportunidades Desaparecem
Vista aérea do desmatamento no leste de Madagascar. (Foto de R. Butler)

Capítulo 9:
CONSEQUÊNCIAS DO DESMATAMENTO


Florestas Tropicais em todo o mundo continuam a diminuir. Será que realmente fazem a diferença? Por que alguém deveria se importar se algumas plantas, animais, cogumelos, e microorganismos perecerem? Florestas tropicais são frequentemente quente e úmidas, difíceis de alcançar, cheias de insetos, e têm vida selvagem fugaz.

Atualmente a preocupação não deveria ser sobre a perda de algumas plantas e animais; a humanidade perde muito mais. Destruindo as florestas tropicais, arriscamo-nos a nossa própria qualidade de vida, brincando com a estabilidade do clima e previsão do tempo local, ameaçando a existência de outras espécies, e esquecendo dos valiosos serviços prestados pela diversidade biológica.

Embora na maioria das áreas de degradação ambiental ainda não tenham atingido um nível de crise onde todos os sistemas se desabam, é importante examinar alguns dos efeitos de empobrecimento ambiental existente e de prever algumas das potenciais repercussões da perda de floresta. A perda contínua de sistemas naturais pode tornar as atividades humanas cada vez mais vulneráveis às surpresas ecológicas no futuro.

O impacto mais imediato do desmatamento ocorre, a nível local, como a perda de serviços ambientais prestados pelas florestas tropicais e ecossistemas tropicais relacionados. Tais habitats permitem a seres humanos serviços valiosos como a prevenção corrosão, controle de inundação, tratamento da água, proteção das industrias de pescas, e funções de polinização que são particularmente importantes para gente mais pobres, que contam com os recursos naturais para a sua sobrevivência quotidiana. A perda florestal também reduz a disponibilidade de recursos renováveis, como a madeira, plantas medicinais, nozes e frutas, e caça.

À longo prazo, o desmatamento das florestas tropicais podem ter um impacto mais amplo, afetando o clima global e da biodiversidade. Estas modificações são mais difíceis de observar e fazer previsão de efeitos locais, desde que eles dêem lugar à uma longo escala e podem ser difíceis de medir.

Extremo desmatamento - Ilha de Páscoa



Questões de Revisão:
  • Porque as florestas tropicais são importante?
  • Porque florestas tropicais devem ser protegidas?

[Inglês | Chinês | Japonês | Espanhol | Francês]


Continuação: Impacto do Desmatamento Local







MONGABAY.COM
Mongabay.com promove a apreciação da natureza e dos animais selvagens, além de examinar o impacto de tendências emergentes no clima, na tecnologia, na economia e nas finanças, na conservação e no desenvolvimento.

Estamos preparando o lançamento do site Mongabay em Português. Quer ajudar? Que bom! Se você fala Inglês entre em contato com o Rhett. Precisamos de mais voluntários para fazer traduções de conteúdo. E se você não fala Inglês, volte sempre e divulgue o site para os seus amigos!





Primeira página
Notícias ambientais
Florestas tropicais
Peixe tropical
Imagens
Para as crianças
Madagascar
Idiomas
Sobre
Ajuda
Contato RSS/XML


Recomendado
Amazonia.org
O Eco
A Última Arca de Noé





Fornecedor de animais para venda e jardins zoológicos perde 3500 animais por semana (fotografias)
(01/22/2015) Há cerca de cinco anos, uma investigação liderada pela PETA a um revendedor de animais exóticos, que durou sete meses, chegou a um final perturbador. As autoridades fizeram buscas na U.S. Global Exotics, em Arlington, Texas, confiscando mais de 26400 animais de 171 espécies, presos em condições desumanas e deficientes do ponto de vista sanitário. Estas buscas tornaram-se uma das maiores apreensões de animais exóticos na História dos Estados Unidos da América.


Nada mais a derrubar: estarão as madeireiras ecologicamente certificadas acabando com as últimas florestas primárias da Rússia?
(01/14/2015) As árvores da Rússia alimentam nossa demanda crescente por produtos à base de madeira. As vastas florestas do país, que cobrem mais de 800 milhões de hectares, ou mais da metade de sua superfície terrestre, são uma grande fonte de madeira para as indústrias de madeira, papel e polpa de madeira.


Como podemos evitar o desaparecimento das florestas primárias no mundo todo?
(01/09/2015) Nada no mundo é comparável a uma floresta primária, que jamais sofreu abate industrial ou desmatamento provocado por pessoas. As características comuns dessas florestas incluem as árvores centenárias, a significante quantidade de madeira morta, a pouca vegetação rasteira devido a sombra das copas das árvores, e a alta biodiversidade, incluindo a existência de muitas espécies que não são encontradas em nenhum outro local. Tais florestas são frequentemente descritas como similares às catedrais, devido as arvores que se assemelham aos pilares e a vegetação rasteira que lembra um tapete. Ainda, as florestas primárias mundiais¬¬–também chamadas de florestas de crescimento antigo–estão diminuindo a cada ano, e os legisladores não estão fazendo o bastante para deter o processo.


Ponto de viragem para as florestas do Perú? Noruega e Alemanha colocam esforço e investimento por trás de um ambicioso acordo
(01/07/2015) Desde os Andes até à Amazónia, o Perú contém algumas das florestas mais espetaculares do mundo. Tribos indígenas culturalmente diversas habitam o interior da Amazónia Peruviana, incluindo tribos que pouco contactaram com o mundo exterior. E mesmo tendo os cientistas já descoberto dezenas de milhares de espécies que habitam estas florestas, desde a folhada até à copa das árvores, muitas mais permanecem por descobrir.


Mais de um milhão de pangolins foram mortos na última década
(12/10/2014) De acordo com uma actualização da Lista Vermelha da IUCN, um dos mais bizarros grupos de animais do mundo está em risco de ser completamente erradicado. Os pangolins, que se assemelham, em termos físicos e comportamentais, a papa-formigas com escamas, não existindo no entanto qualquer relação entre ambos, estão a ser consumidos ilegalmente até à extinção devido a um comércio próspero no Este Asiático.


Primeira página |  Notícias ambientais |  Florestas tropicais |  Peixe tropical |  Imagens |  Para as crianças  |  Madagascar |  Ajuda  |  Sobre  |  Inglês



Copyright Rhett Butler 2009