Primeira página | Sobre | Ajuda | Contato | RSS | Twitter
Primeira página |  Notícias ambientais |  Florestas tropicais |  Peixe tropical |  Imagens |  Para as crianças  |  Madagascar |  Ajuda  |  Sobre  |  Inglês
Oportunidades Desaparecem
Vista aérea do desmatamento no leste de Madagascar. (Foto de R. Butler)

Capítulo 9:
CONSEQUÊNCIAS DO DESMATAMENTO


Florestas Tropicais em todo o mundo continuam a diminuir. Será que realmente fazem a diferença? Por que alguém deveria se importar se algumas plantas, animais, cogumelos, e microorganismos perecerem? Florestas tropicais são frequentemente quente e úmidas, difíceis de alcançar, cheias de insetos, e têm vida selvagem fugaz.

Atualmente a preocupação não deveria ser sobre a perda de algumas plantas e animais; a humanidade perde muito mais. Destruindo as florestas tropicais, arriscamo-nos a nossa própria qualidade de vida, brincando com a estabilidade do clima e previsão do tempo local, ameaçando a existência de outras espécies, e esquecendo dos valiosos serviços prestados pela diversidade biológica.

Embora na maioria das áreas de degradação ambiental ainda não tenham atingido um nível de crise onde todos os sistemas se desabam, é importante examinar alguns dos efeitos de empobrecimento ambiental existente e de prever algumas das potenciais repercussões da perda de floresta. A perda contínua de sistemas naturais pode tornar as atividades humanas cada vez mais vulneráveis às surpresas ecológicas no futuro.

O impacto mais imediato do desmatamento ocorre, a nível local, como a perda de serviços ambientais prestados pelas florestas tropicais e ecossistemas tropicais relacionados. Tais habitats permitem a seres humanos serviços valiosos como a prevenção corrosão, controle de inundação, tratamento da água, proteção das industrias de pescas, e funções de polinização que são particularmente importantes para gente mais pobres, que contam com os recursos naturais para a sua sobrevivência quotidiana. A perda florestal também reduz a disponibilidade de recursos renováveis, como a madeira, plantas medicinais, nozes e frutas, e caça.

À longo prazo, o desmatamento das florestas tropicais podem ter um impacto mais amplo, afetando o clima global e da biodiversidade. Estas modificações são mais difíceis de observar e fazer previsão de efeitos locais, desde que eles dêem lugar à uma longo escala e podem ser difíceis de medir.

Extremo desmatamento - Ilha de Páscoa



Questões de Revisão:
  • Porque as florestas tropicais são importante?
  • Porque florestas tropicais devem ser protegidas?

[Inglês | Chinês | Japonês | Espanhol | Francês]


Continuação: Impacto do Desmatamento Local







MONGABAY.COM
Mongabay.com promove a apreciação da natureza e dos animais selvagens, além de examinar o impacto de tendências emergentes no clima, na tecnologia, na economia e nas finanças, na conservação e no desenvolvimento.

Estamos preparando o lançamento do site Mongabay em Português. Quer ajudar? Que bom! Se você fala Inglês entre em contato com o Rhett. Precisamos de mais voluntários para fazer traduções de conteúdo. E se você não fala Inglês, volte sempre e divulgue o site para os seus amigos!





Primeira página
Notícias ambientais
Florestas tropicais
Peixe tropical
Imagens
Para as crianças
Madagascar
Idiomas
Sobre
Ajuda
Contato RSS/XML


Recomendado
Amazonia.org
O Eco
A Última Arca de Noé





Vídeos revelam aves raras, macacos selvagens, e uma família de jaguares num parque explorado para extracção de petróleo
(05/27/2015) Uma compilação de novos vídeos feitos com base em armadilha fotográfica no Parque Nacional Yasuni mostra espécies raramente vistas como o taiaçuíra (Neomorphus geoffroyi) e o cachorro-do-mato-de-orelhas-curtas (Atelocynus microtis), bem como certos comportamentos estranhos, como preguiças que lambem sal da terra . A compilação foi produzida por Diego Mosquera, gestor e chefe do programa de armadilhas fotográficas na Estação da Biodiversidade Tiputini.


Cientistas identificam rā através do DNA, sem deixar a floresta
(05/19/2015) Ontem, uma equipa de cientistas italianos fez história, quando pegou numa rā numa floresta de montanha na Tanzânia: usando uma pequena amostra de sangue da rā, a equipa foi capaz de extrair, purificar e amplificar o DNA do anfíbio – tudo enquanto estavam na floresta – usando um dispositivo chamado Expedition Genomics Lab.


Assassinatos de activitas ambientais aumentou 20% no ano passado
(05/11/2015) De acordo com um novo e sombrio relatório elaborado pela Global Witness, o assassinato e a matança de ativistas ambientais aumentou 20% no ano passado. Em 2014, a organização documentou 116 mortes em 17 países, com o maior número de assassinatos a ocorrer no Brasil, que contabilizou 29 mortes de defensores ambientais e de direitos à terra.


Nova anta? Cientistas disputam descoberta biológica do século
(05/11/2015) Há quase um ano, os cientistas anunciaram uma descoberta incrível: uma nova espécie de anta da Amazónia Ocidental no Brasil e Colômbia. O anúncio era notável por várias razões: este seria o maior novo mamífero terrestre descoberto em mais de 20 anos e apenas a quinta espécie de anta conhecida no mundo. A anta, apelidada anta-pretinha ou anta kabomani, foi descrita como significativamente mais pequena do que as outras antas do mundo (embora sendo ainda um dos maiores animais terrestres da América do Sul), com uma forma muito distinta de cabeça e o pêlo mais escuro do que o normal. Mas no espaço de alguns meses outros investigadores levantaram dúvidas sobre a veracidade da nova espécie.


Florestas indígenas ameaçadas abrangem mais da metade do carbono da Amazônia
(05/08/2015) A emissão de carbono pela ação humana é um grande agente do aquecimento global, e os cientistas constataram há anos que as florestas tropicais são vitais para absorver excesso de carbono. Um novo estudo divulgado no Carbon Management constata que a quantidade total de carbono retida em partes da floresta tropical Amazônia ocupadas por grupos indígenas é muito superior à estimada anteriormente – uma quantidade que, caso liberada, seria capaz de desestabilizar a atmosfera da Terra. Mas devido aos fracos direitos de propriedade de terra, essas áreas estão sob risco de desmatamento.


Primeira página |  Notícias ambientais |  Florestas tropicais |  Peixe tropical |  Imagens |  Para as crianças  |  Madagascar |  Ajuda  |  Sobre  |  Inglês



Copyright Rhett Butler 2009